terça-feira, 9 de abril de 2013

Diário de Viagem: Tirando o Passaporte

O passaporte brasileiro é o documento oficial, que é emitido pelo Departamento de Polícia Federal (DPF). Esse documento identifica qualquer cidadão brasileiro perante as autoridades de qualquer país do exterior que permite a anotação da entrada e saída de qualquer cidadão pelos portos, aeroportos e outras vias de acesso internacionais. O passaporte permite que você tenha o visto de autorização de entrada no país a ser visitado.

P.S.: O post está meio longo mais vale a pena ler.

* Achei esse artigo no site da Folha de S. Paulo, e espero que ajude:

O processo de solicitação de passaporte começa com o acesso ao site do Departamento de Polícia Federal www.dpf.gov.br No site, clique no link "Requerer Passaporte" ou Aqui. O passaporte comum padrão ICAO, cor azul, foi implantado em todo território nacional, no entanto quem tiver o passaporte modelo antigo padrão não-ICAO, cor verde, pode mantê-lo até seu vencimento.

Leia as informações e clique em "emissão do passaporte". Preencha o formulário com seus dados e ao final digite o código de segurança e clique em confirmar. Serão exibidos três botões, inicialmente clique em "gerar protocolo", depois "gerar GRU" (guia para pagamento da taxa) e finalmente em "fechar". Caso haja dúvidas sobre o preenchimento dos seus dados, ligue para 0800-9782336 ou entre em contato pelo e-mail css.serpro@serpro.gov.br
Após a inclusão dos dados será emitida a Guia de Recolhimento da União (GRU). O boleto deve ser pago, respeitando sua data de vencimento. A taxa de concessão de passaporte comum ICAO, cor azul, é de R$ 156,07, já a sua concessão sem a apresentação do anterior (válido ou não) custa R$ 312,14.
Por fim, compareça ao posto do DPF munido da documentação original exigida, GRU paga e protocolo da solicitação. Em algumas unidades do DPF é necessário fazer o agendamento prévio. Verifique no site se é preciso agendar o atendimento no posto escolhido.

DOCUMENTOS:
O interessado em obter o passaporte comum deve ser brasileiro nato ou naturalizado. Para realizar o pedido é preciso comparecer em quaisquer das unidades descentralizadas ou postos de atendimento do Departamento de Polícia Federal e apresentar em original os seguintes documentos:
  • Carteira de Identidade Civil (RG) e Certidão de Casamento com a devida averbação, se for o caso, para as pessoas que tiverem o nome alterado em razão de casamento, separação ou divórcio;
  • Carteira de Identidade Civil (RG) ou Certidão de Nascimento para os menores de 12 anos;
  • Título de Eleitor e comprovantes de que votou na última eleição (dos dois turnos, se houve). Na falta dos comprovantes, declaração da Justiça Eleitoral de que está quite com as obrigações eleitorais, ou justificativa eleitoral;
  • Documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório, para os requerentes do sexo masculino a partir de 01 de janeiro do ano em que completam 19 anos até 31 de dezembro do ano em que completam 45 anos;
  • Certificado de Naturalização, para os Naturalizados;
  • Comprovante de pagamento da taxa em reais, por meio da guia GRU (Guia de Recolhimento da União), que deverá ser preenchida pela internet, sendo necessário o CPF do requerente ou responsável, código da receita e da unidade arrecadadora conforme tabela das receitas existente na própria guia;
  • Apresentar o Passaporte anterior, quando houver (válido ou não). A não apresentação deste, por qualquer motivo, implica em pagamento da taxa em dobro;
  • O brasileiro que tiver seu passaporte válido inutilizado por qualquer repartição consular ou de imigração estrangeiras, no Brasil ou no exterior (por negativa de visto ou deportação), não está impedido de requerer um novo passaporte. Basta apresentar o passaporte, válido ou não, para cancelamento.
  • Conforme legislação, outros documentos poderão ser exigidos.

Clique Aqui e veja a documentação necessária no Site da Polícia Federal.

Outras informações:
É obrigatória a presença do requerente na unidade do DPF, inclusive menor de 18 anos. As coletas de digitais, assinatura e fotografia serão realizadas nas dependências da Polícia Federal, por meios eletrônicos.

O passaporte será entregue pessoalmente a seu titular, mediante apresentação de documento de identidade e assinatura de recibo. Busque seu passaporte no horário e local indicados. O prazo de entrega é de no máximo seis dias úteis.
A validade do passaporte é de até cinco anos. Expirado o prazo de validade deverá ser solicitado um novo documento.
Não há renovação nem prorrogação de passaporte, se o seu está com prazo de validade expirado ou prestes a expirar e você deseja obter um novo documento de viagem, serão exigidos TODOS os documentos originais relacionados.

Para quem trabalha e não tem muita flexibilidade no serviço quanto a horário, tem a opção de agendar bem cedinho à partir da 7 hrs da manhã tanto para tirar o passaporte quanto para retirar depois. No meu caso, não tive o que reclamar, como já estava com todos os documentos necessários, foi bem rapidinho.
Lembrando também que eles não dão declaração, somente um protocolo com o horário da sua permanência no local.

Espero ter ajudado, dúvidas só deixar nos comentários que eu respondo.
Parabéns para quem leu até o final. Beijos e até o próximo Diário de Viagem!

2 comentários:

  1. Pessoal
    Ajudem comprando qualquer item da promoção da lojinha para ajudar nas despesas dos animais resgatados que aguardam adoção em lar temporário
    http://adoteumfocinhocarente.blogspot.com.br/2013/04/mais-coisinhas-novas-na-lojinha-itens.html


    ou comprando qualquer numero da rifa
    http://adoteumfocinhocarenterifas.blogspot.com.br/

    Por favor, ajudem na divulgação. Quem sabe aquele amigo que vc nem sabia quer adotar um animalzinho??
    WWW.adoteumfocinhocarente.blogspot.com


    ResponderExcluir
  2. Oi! Adorei seu blog! Super charmoso! Já estou te seguindo como Decorettudo . Deixo aqui meu blog para você conhecer e se gostar siga: http://www.decorettudo.blogspot.com grande abraço Elis Farias

    ResponderExcluir